quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Democracia

Trecho escrito por: João Ubaldo Ribeiro

“Sou um democrata relutante, tipo Churchill. Extremamente democrata por questão de princípio, mas relutante em questão de fundamentos chamados de democratas. Por exemplo, a democracia parte do princípio de igualdade entre os cidadãos. Portanto, o sorteio seria o mais indicado. Nunca foi assim, exceto em episódios esparsos na Grécia antiga, em que ocorreu sorteio entre cidadãos, para funções públicas. Já que todos são iguais, por que não usar um sorteio? Idéia de jerico, claro (os gregos eram democratas, mas tinham escravos, que não mandavam em nada), porém defensável teoricamente, principalmente no caso de câmaras, assembléias, comissões e assemelhados. Uma assembléia sorteada no Brasil ia conter um número impressionante de analfabetos e desnutridos, mas não é essa a nossa realidade? Ou seja, basta de hipocrisia santimonial: não somos todos iguais.”

Um comentário:

  1. Me lembra uma frase que ouví numa aula de história no ensino médio.
    "Eu sou a favor da Monarquia no Brasil, desde que o Rei seja eu."

    ResponderExcluir