sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Lá se vai 'São Marcos'

Por Caio Lafayette
Ele é o último goleiro brasileiro campeão do Mundo com a seleção brasileira. Foi considerado o melhor jogador do torneio que tanto apreciamos, a Libertadores, em 1999. Exímio pegador de pênaltis. Um monstro debaixo das traves.

Ele cresceu pra Marcelinho Carioca em um certo dia de 2000; e calou a boca de um certo alemão que se dizia imbatível, em um certo dia de 2002.

Ele chutou o ar. Tomou 7. Ele se revoltou com o time. Ele caiu.

Ele subiu. Ele parou por muito tempo. E por muito tempo ficou parado.

Ele vestiu uma camisa de tradição. Herdou a responsabilidade de nomes como Émerson Leão e Valdir Joaquim de Moraes. Mesmo assim, ele foi o maior.

Ele chorou com sua torcida; gritou com seu time. Sempre autêntico e carismático, ele foi 'São Marcos'; e desde ontem passou a ser, apenas, Marcos Roberto Silveira Reis.

Ele fará falta!

Um comentário:

  1. Uma pena... mas é isso. Acho que agora é questão de tempo até o Rogério anunciar a dele.

    ResponderExcluir