quinta-feira, 15 de março de 2012

O que vale no espetáculo?

Por Caio Lafayette

Tenho acompanhado a polêmica votação da Lei Geral da Copa em que assuntos de extrema importância, como por exemplo o direito a meia-entrada e os ingressos populares, deverão ser definidos para que haja sucesso na realização do evento em 2014.

O mais interessante nesse processo todo é o tema que tem causado mais polêmica: a liberação da venda de cerveja nos estádios.

Minha opinião quanto a isso é muito clara e utilizarei alguns exemplos e outras relações para explicá-la.



Penso que ir a um estádio de futebol nada mais é do que ir a um espetáculo, como se fosse um teatro ou uma apresentação de dança. 

Pegamos fila pra comprar ingressos ou enfrentamos o péssimo sistema de vendas pela Internet. E depois de muito nervoso com mais filas pra passar pela catraca e utilizar banheiros lotados e sujos, podemos, enfim, sentar em nossa poltrona - geralmente de cimento mesmo - e aproveitar daquele produto pelo qual pagamos: o jogo de futebol.

Geralmente, escolhemos o jogo do nosso time. Mas um amigo mais antigo me garante que há uns 40 anos as pessoas se juntavam para ir ao estádios nos finais de semana como hoje fazem para ir ao cinema, por exemplo. Não importava o time, mas sim o espetáculo.

Sei que hoje o fanatismo se transformou em falta de educação e há riscos de brigas, quebra-quebra e tudo mais. Mas isso não deve ser considerado o comum nem o aceitável. Para reverter isso, somente transformando os estádios de futebol novamente em casas de espetáculo, não em jaulas e/ou prisões.

Após falar tudo isso acho que meu posicionamento ficará muito mais claro: sou totalmente contra a proibição da venda de cervejas nos estádios

O que seria do nós, espectadores, se fossemos PROIBIDOS de comprar uma cerveja em uma casa de shows? Ou aproveitar a ida ao teatro 'pra bebericar' com os amigos? E por que mais uma vez nivelar por baixo, punindo aqueles que têm noção e saberiam se comportar por conta das atitudes daqueles que faltam com respeito com as leis e a sociedade, independente do consumo do álcool?

Que fique claro, não acho que sejamos obrigados a consumir a cerveja nos estádios.

Mas, sinceramente, não acho justo, também, que sejamos proibidos.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário