segunda-feira, 16 de abril de 2012

O que acontece com você Lusa?

Por Caio Lafayette

A Portuguesa, tradicional clube do futebol paulista, é um mistério. Se lá no Rio de Janeiro a máxima é "tem coisas que só acontecem com o Botafogo", a Lusa não fica muito atrás aqui em São Paulo.

Pra não ficar apenas no fato trágico de ontem (que falarei mais no decorrer do post), vale lembrar algumas curiosidade sobre o time do Canindé.


  • Em meados dos anos 90 a Portuguesa montou, com jogadores da  base, um dos maiores esquadrões de sua história e, já em tempos de futebol moderno, um dos elencos com maior potencial de venda que pude ver. Rodrigo Fabri, Zé Roberto, Zé Maria e outros que fizeram sucesso no exterior levaram o time ao vice-campeonato brasileiro e foram vendidos a peso de ouro. Desse dinheiro, nada se viu de retorno. A estrutura do clube continuou a mesma - ou piorou. Essa é a Lusa...
  • Já perto do fim dos anos 90, outro bom time, menos talentoso, mas que parecia mais vivo, mais 'cascudo'. Comandando pelo experiente Evair e pelo jovem Leandro, tinha cara de campeão. E foi até a Semi-final do Paulista. E foi melhor que seu oponente - o Corinthians. E foi muito melhor, eu diria. Mas tem coisas que só acontecem com a Portuguesa... Eis que surge o argentino de nome Javier Castrilli e, com uma atuação pra lá de desastrosa, prejudica - e muito a Lusa. No fim das contas o Corinthians perdeu a final para o São Paulo, mas quem devia estar na decisão era a Portuguesa.

  • A partir de então, só desilusões. Rebaixamento no Brasileiro e no Paulista. Time de segunda, não só na Série que disputava, mas na escalação, na gestão... Uma série de 'Quases' - quase subiu no Brasileiro, quase classificou entre os finalistas do Paulista, quase não caiu quando voltou à Série A. Quase...
  • Em 2011 parecia que as coisas iam mudar. A 'BarceLusa', como ficou conhecida a equipe que levou a equipe de volta à séria A do Brasileirão, fez história com recordes seguidos de invencibilidade, vitórias, acesso antecipado... 2012 seria o ano da afirmação.

  • Mas 2012 começou e a Lusa demorou pra perceber. Hora que viu, já tinha perdido seus principais jogadores, não havia reposto as peças, não lembrou que agora era a hora de ser de primeira. E caiu, no Paulistão. A combinação de resultados, improvável, aconteceu. E a Portuguesa, que parecia não achar possível, acaba o mês de Abril rebaixada no Paulistão e com grandes chances de ser a decepção da série A do Brasileirão. 
Tem coisas que só acontecem com a Portuguesa...


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário