segunda-feira, 27 de maio de 2013

Veja 21 datas para entender os conflitos do Oriente Médio


01/01/1896 
Surgimento do movimento sionista 
Em 1896, o jornalista judeu Theodor Herzl, autor do livro "O Estado Judeu", criou o movimento sionista. O objetivo era estabelecer um lar nacional para os judeus na Palestina, que seria sua Canãa, a terra escolhida por Deus para seu povo 


01/01/1916
Acordo Sykes-Picoy 
França e Grã-Bretanha fazem pacto para dividir os territórios sírios e otomanos, espólios da 1ª Guerra Mundial. A França ficou com Líbano e parte da Síria. A Grã-Bretanha passou a ter o controle sobre parte da Síria, Palestina e Transjordânia 


01/01/1917
Declaração Balfour 
O ministro das relações exteriores britânico, James Balfour, trazia ao conhecimento do mundo declaração oficial da Grã-Bretanha que afirmava “que via com bons olhos a criação de um lar nacional judeu na Palestina”, mas que o povo árabe morador da região deveria ser considerado 
01/01/1937 — 01/01/1938 
Comissão Peel 

O governo britânico, vendo problemas entre a população árabe e judia, propõe a partilha do território. A Comissão Peel faz a primeira proposta, que divide o território em dois Estados e deixa Jerusalém sob tutela britânica 


01/01/1947
Organização das Nações Unidas 
A Grã-Bretanha declarou-se incapaz de conter os choques sectários e oferecer uma solução política que fosse aceita por judeus e árabes palestinos. O país passa para a ONU o problema da divisão do território 


01/01/1948
Criação de Israel 
É votada a criação de Israel na ONU. A votação, comandada pelo diplomata brasileiro Oswaldo Aranha, partiu o território em dois Estados, um judeu e um árabe, e o critério foi a distribuição geográfica da população das duas comunidades 


15/05/1948 — 01/01/1949
Guerra de independência 
O país recém-criado tem de entrar em guerra contra cinco nações vizinhas: Egito, Síria, Líbano, Iraque e Jordânia. Israel vence a batalha e muda as fronteiras propostas na partilha aceita pela ONU 


01/01/1967
Guerra dos Seis Dias 
Na lógica da Guerra Fria, Israel, apoiado pelos EUA, enfrenta os países vizinhos, com apoio da União Soviética. Na Guerra dos Seis Dias, o Estado judeu toma o controle de territórios na Cisjordânia, na Faixa de Gaza e nas Colinas de Golã. As novas “conquistas” de Israel não são aceitas até hoje pela comunidade internacional 


06/10/1973
Guerra do Yom Kippur 
Procurando recuperar os territórios tomados por Israel na Guerra dos Seis Dias, o Egito e a Síria atacaram o país de surpresa no feriado judaico do Yom Kippur, ou Dia do Perdão. O conflito marca o primeiro acordo entre um país árabe, o Egito, e Israel 


01/01/1978
Acordo de Camp David 
Após a Guerra do Yon Kippur, Egito e Israel dão início a negociações bilaterais. As conversas culminarão no histórico acordo de paz assinado em Camp David, sob mediação dos EUA. O Egito recuperou a península do Sinai e, em troca, é o primeiro país árabe a reconhecer Israel 


01/01/1979
Invasão soviética no Afeganistão 
É o momento em que aparece a imagem de Bin Laden. Acontece a Revolução Iraniana, com a derrubada do xá pelo aiatolá Khomeini 


01/01/1980 — 01/01/1988
Guerra do Irã-Iraque 
A guerra entre vizinhos toma proporções de Guerra Fria quando o Irã recebe o apoio da URSS e o Iraque, o apoio dos EUA. O conflito dura oito anos 


01/01/1990 — 01/01/1991
Guerra do Golfo 
O Iraque invade o Kuait, que teve apoio dos EUA. A Guerra do Golfo jogou a favor da paz no Oriente Médio ao neutralizar o poder de Saddam Hussein, principal porta-voz do nacionalismo árabe e da retórica anti-Israel 


01/01/1991 
Desintegração da URSS 

Em 1991, sob o impacto do fim da Guerra Fria e da Guerra do Golfo, é inaugurada em Madri a Conferência de Paz para o Oriente Médio, com os EUA como potência mundial hegemônica 


01/01/1993
Acordo de Oslo 
Assinado em Washington por Yasser Arafat, representante palestino, e Yitzhak Rabin, primeiro-ministro de Israel, o acordo marca a primeira vez que palestinos e israelenses reconhecem o direito recíproco à existência. O acordo prevê a entrega paulatina de territórios aos palestinos 


01/01/1995
Assassinato de Yitzhak Rabin 
Após progresso em 1994, com a assinatura da segunda parte do acordo de Oslo, o processo de paz para. Em 1995, o primeiro-ministro de Israel, Yitzhak Rabin, é assassinado por um fanático judeu indignado com a entrega de terras aos palestinos 


01/01/2000
Recomeço da negociação 
Após cinco anos em que o processo de paz esteve parado, o primeiro-ministro de Israel, Ehud Barak, volta a negociar com o líder palestino Yasser Arafat e faz uma nova proposta territorial em Camp David (EUA). O líder palestino rejeita a proposta, que poderia dar fim aos conflitos na região 


11/09/2001 
Ataque às Torres Gêmeas 

O ataque às Torres Gêmeas, realizado pelo grupo terrorista Al Qaeda, muda a rota da política internacional do mundo e impacta profundamente o Oriente Médio. A região se transformou em foco central da Guerra do Terror, campanha militar de alcance global desencadeada pelo presidente norte-americano conservador George W. Bush 


01/01/2003
Invasão do Iraque 
Sob a "Doutrina Bush", acontece a Invasão do Iraque. O presidente americano George W. Bush justificou a invasão com a suposta existência de armas de destruição em massa pelo regime de Saddam Hussein, um dos mais violentos do Oriente Médio. O risco era de que o armamento chegasse a grupos terroristas como a Al Qaeda, responsável pelos atentados em Nova York 


01/01/2005
Desocupação da Faixa de Gaza 
O primeiro-ministro Ariel Sharon decide desocupar unilateralmente os territórios da Faixa de Gaza. Os palestinos veem com desconfiança o gesto de Sharon e alertam para a intenção de asfixiar os palestinos da região pelo isolamento. Em 2007, com a vitória eleitoral do grupo Hamas na região enseja o bloqueio ao território 


01/01/2011
Retirada dos EUA do Iraque 
Dez anos após os ataques terroristas nos EUA, o governo norte-americano consegue encontrar e matar Osama Bin Laden, acusado de ter orquestrado a ação. Os EUA começam a retirar suas tropas do Iraque


DICA DE LEITURA:
O Conflito Israel - Palestina - Para Começar a Entender...
Autor: El - Alami, Dawoud; Cohnsherbok, Dan
Editora: Palindromo


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário